Para consumidor, faltam cosméticos de alta qualidade nos supermercados

Avaliação:

(2 Avaliações)

Por Redação SA Varejo -

Setor é o canal preferido para compra, mas preço é a principal razão

Em um período de 12 meses, 72% dos consumidores brasileiros compraram produtos de beleza e cuidados pessoais em supermercados. É o que revela pesquisa da agência de inteligência de mercado Mintel , cujos dados foram apurados em setembro de 2018. Preço é a principal razão e desodorantes são os cosméticos mais comprados em lojas do setor de autosserviço alimentar. 

O resultado, no entanto, poderia ser bem melhor. Isso porque uma caixa comum do consumidor brasileiro é a ausência de cosméticos de alta qualidade nas gôndolas dos supermercados. Segundo o estudo da Mintel, apenas 21% dos entrevistados afirmaram recorrer a esse canal de vendas pelo fato de encontrar produtos de alta qualidade na seção de higiene e beleza.

“Sendo o principal canal de venda para produtos de beleza e cuidados pessoais, há oportunidades para que os supermercados ganhem ainda mais participação no setor. Eles poderiam investir em opções mais premium, e/ou criar espaços de beleza com produtos de nicho, como veganos e naturais/orgânicos. Dessa forma, eles também se posicionam como vendedores de itens inovadores e sofisticados”, analisa Juliana Martins, especialista sênior em beleza e cuidados pessoais da Mintel.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:   LinkedIn  Instagram  Facebook  !

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade