Economizar gerando energia solar na sua loja é mais fácil do que parece

Avaliação:

(1 Avaliação)

Por Sheila Hissa - sheila.hissa@savarejo.com.br Reportagem - Eduardo Lima -

Conversamos com um especialista no assunto que explica o passo a passo e os prós e contras do sistema, que ajuda a reduzir a sua conta

Para a maioria das pessoas, energia solar está associada à preservação do meio ambiente e redução de gastos com energia. Os varejistas, contudo, costumam temer o valor de investimentos com os painéis solares e as eventuais reformas nas lojas. Conversamos com o engenheiro civil Renato Pedroso Stella, 25 anos de experiência, para entender prós e contras do sistema. Stella é diretor comercial da Engegrid , empresa fundada há 5 anos para atuar no setor de eficiência energética.

Investimento

  • Entre R$ 3,5mil e R$ 4,5mil por kWp. A informação aparece na conta de luz. Basta verificar e fazer o cálculo. É possível modular a implementação, para testar o sistema ou evitar o desembolso em uma só vez

Retorno 

  • Prazo médio entre 3 e 6 anos. Quanto mais energia gerada, menor o tempo de retorno

Economia 

  • O supermercado começa a economizar de imediato. Se o sistema foi projetado para gerar 60% da energia consumida, a economia será de 60%

Como funciona

01- A prestadora do serviço analisa as contas de luz, dimensiona o sistema com base na média anual de consumo e faz o projeto

02- Após aprovação pelo cliente, o projeto vai para análise da concessionária

03- Feita a validação, o sistema é instalado

04- A concessionária coloca novo medidor, bidirecional, que mede a energia solar gerada e consumida

05- As instalações são feitas sem queda de energia na transição de um sistema para o outro

06- Medição definida em quilowatt-pico [kWp] e quilowatt-hora [kWh]

07- A conta de crédito e débito da energia define o valor a ser pago

08- Quando a energia gerada é insuficiente para o abastecimento total, a diferença é atendida pela concessionária

Os painéis fotovoltaicos captam a luz do sol e geram energia elétrica em corrente contínua. A energia passa por um equipamento chamado inversor, que a converte em corrente alternada, é injetada na rede e utilizada para suprir a demanda necessária 

 

Exigências

  • Estrutura do telhado precisa suportar sobrecarga de 16 kg/m². Queda no custo será determinada pela demanda contratada com a concessionária. Isso porque a potência do sistema solar só poderá ser igual à demanda contratada, nunca maior

A escolha dos telhados para a instalação dos painéis será definida a partir da angulação necessária

Tempo de instalação

  • No mínimo, cinco dias

  • No máximo, três meses

Sem quebra-quebra

  • As fiações entre os painéis solares instalados no telhado e o quadro de energia normalmente descem por conduítes aparentes, pelo lado de fora da parede

Economia gerada

  • 100% quando a área do telhado é a ideal
  • 20% a 80% quando a área fica abaixo do necessário
  • Um aplicativo monitora a geração da energia e informa em tempo real quanto o supermercadista está economizando
  • A energia solar dá conta do consumo de ar-condicionado, câmaras frigoríficas, balcões refrigerados e servidores
  • A loja ou CD consumirão mais créditos sobretudo em épocas como verão, porém o sistema estará dimensionado pela média anual de consumo, conferindo segurança ao abastecimento

Mesmo quando a área do telhado for menor do que a necessária, a energia solar poderá ser produzida e injetada. Neste caso, a economia será proporcional à metragem da cobertura, e também representará redução nos custos 

Energia gerada

  • Mesmo gerando energia solar, o varejista continua pagando a tarifa mínima
  • O estacionamento pode gerar mais energia solar

Com um estacionamento coberto é possível gerar energia adicional para aproveitamento na loja e depósito. O telhado exige uma estrutura específica, a fim de permitir a instalação dos painéis, mas existem no mercado boas alternativas. Essa captação deverá estar contemplada no projeto

Noite e dia

  • O serviço é suspenso apenas por uma hora para instalação do relógio bidirecional - tem agendamento prévio

Loja a todo vapor

  • Não há nada que afete a operação, o abastecimento e as vendas. A alteração na rotina é mínima

Manutenção

  • Apenas limpeza dos painéis solares uma ou duas vezes por ano

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:     LinkedIn   ,    Instagram    e    Facebook    !

Veja mais sobre: Energia, Energia Solar

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade