Bolsonaro quer aprofundar reforma trabalhista

Avaliação:

(0 Avaliações)

Por Redação SA Varejo -

Para presidente-eleito, atualmente é "horrível ser patrão no Brasil"

Em reunião com a bancada do MDB na Câmara, realizada na terça-feira (4/12), Jair Bolsonaro se posicionou a favor de um aprofundamento da reforma trabalhista, sob argumento de que "é horrível ser patrão no Brasil".

O presidente-eleito voltou a dizer que sua equipe tem como destravar a economia, mas afirmou contar com a colaboração de todos. "O Paulo Guedes não vai fazer milagre sozinho", declarou ao pedir apoio da bancada do MDB.

Um dos participantes da reunião, o deputado Darcísio Perondi (MDB-RS), disse ter ouvido de Jair Bolsonaro que o governo será "reformista, desregulamentador e moderno".

Aposentadoria mais tarde

No encontro, porém, Bolsonaro não deu detalhes sobre as reformas tributária e previdenciária. Durante outro compromisso, o presidente-eleito considerou a hipótese de encaminhar ao Congresso de forma "fatiada" a proposta de reforma da Previdência Social.

O primeiro item a ser discutido seria a idade mínima para aposentadoria. O presidente que assume em janeiro pretende aumentar em dois anos a idade mínima em que todos podem se aposentar, no entanto não soube detalhar qual referência usaria para a mudança, algo fundamental uma vez que hoje é possível se aposentar por tempo de contribuição, sem exigência de limite mínimo de idade. 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:   LinkedIn Instagram  Facebook  !

Fonte: Estadão

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade